Josu Calvo
CEO
Gonvarri Steel Services

A Responsabilidade Social Corporativa (RSC) é uma área às vezes difusa nas empresas. Umas por imagem, outras por vantagens fiscais, ou por ambas, o certo é que cada vez mais companhias aderem a essa corrente de “humanismo corporativo” Hoje a RSC já não é uma opção, é quase um imperativo em uma sociedade cada dia mais sensibilizada, proativa e conectada. Mas, quando na Gonvarri Steel Services falamos de RSC, olhamos muito além da simples imagem ou dos benefícios fiscais. Porque estamos falando de responsabilidade, com nossos funcionários, com suas famílias, com a sociedade em geral. E isso é algo que deve ser encarado com seriedade e profundidade. Não se trata de realizar ações isoladas, mais ou menos solidárias, mais ou menos filantrópicas. Trata-se de abarcar toda a companhia, de envolver todos os departamentos (e não apenas o RH) de mudar a forma de fazer negócio, de planejar uma estratégia de gestão sustentável, continuada e duradoura. De dar resposta a essas preocupações e aos assuntos realmente importantes: segurança, valores, compromisso, inovação. Conceitos intrinsicamente unidos a Gonvarri Steel Services, parte de nossa essência, de nosso DNA.

E, sobretudo, nosso ativo mais importante: as pessoas.

A segurança viária é crucial para nós, porque acreditamos que é inaceitável a perda de vidas humanas em acidentes de trânsito – tanto como em acidentes de trabalho – e por isso nosso objetivo é tratar de minimizar este número entre nossos funcionários e aquilo que os cerca. A segurança viária, além de tudo, forma parte de nosso negócio, através da divisão Metal Structures, que já colocou em marcha Road Safety First, cujo conteúdo se reforça com esta iniciativa.

Josu Calvo ED

É que, desde os primórdios da companhia, nossa maior preocupação tem sido sempre a segurança das pessoas, sua integridade física. Entendemos o trabalho de uma maneira responsável, com a implicação de todos os departamentos, de todos os diretivos e de todos os funcionários e colaboradores. Entendemos que nossa empresa deve ser um referente ético em todas as decisões e por parte de todos os seus membros, guiando-nos pelos princípios definidos por nosso fundador e pelos valores de nosso código de ética e conduta: o compromisso com nossos clientes, impulsionar as iniciativas de nossos profissionais, liderar a mudança e a sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Criamos um plano diretor em matéria de RSC para contribuir com a criação de valor para todos, que se resume a 10 eixos transversais, com suas linhas de atuação, que englobam os objetivos e compromissos, alinhados com nossos valores e princípios.

Assim mesmo, estabelecemos diversos mecanismos de diálogo com nossos funcionários para conhecer suas expectativas (a intranet Leading the Change, enquetes de satisfação e clima laboral, reuniões interdepartamentais com a gerência, Comitê de Empresa e Comitê de Segurança e Saúde…). Essas iniciativas nos permitem dispor de informação de primeira mão sobre as fortalezas e debilidades na relação com nossos funcionários, e poder assim estabelecer planos e atuações para melhorar esta relação.

No que diz respeito à nossa política de segurança e saúde, entendemos que a prevenção de riscos associados às diversas atividades laborais é um objetivo estratégico e prioritário na companhia. Esta política se baseia em princípios muito bem definidos, que vão desde sua gestão eficaz, a total implicação por parte dos mandos ou o obrigatório cumprimento das normas de prevenção por parte dos trabalhadores, até a formação preventiva, a implantação de sistemas para a contínua identificação de riscos ou o seguimento de programas que permitam a melhoria contínua. Nossa meta: zero lesões e danos à saúde.

Temos a plena convicção de que todos os acidentes são evitáveis, e desde cada uma de nossas plantas trabalhamos em distintos aspectos para sua prevenção, definidos nas 10 Regras de Ouro da Segurança, cuja difusão e cumprimento são obrigatórios.

Para nos assegurarmos de que em nossa companhia dispomos de ambientes de trabalho seguros, damos ênfase especial na comunicação e formação. No que fiz respeito à comunicação, criamos comitês de segurança e saúde, comitês mensais de direção de segurança, foro de segurança e saúde corporativa na intranet, painéis de informação sobre segurança e saúde, reuniões participativas (onde se recebe sugestões ou contribuições de trabalhadores); além disso, todos os funcionários podem colaborar nos distintos processos em matéria de prevenção de riscos laborais, segurança e saúde.

Josu Calvo post it

No que diz respeito às ações formativas, no ano de 2014 foram mais de 7 mil horas de aulas de formação em segurança e saúde, tanto para trabalhadores como para executivos intermediários. Também tivemos diversas campanhas de conscientização, como jornadas sobre como evitar um acidente ou como prevenir os riscos laborais (“Prevenção com os cinco sentidos”); a campanha “Não aos acidentes”, que conseguiu um marco histórico quanto a dias sem acidentes (541 dias na planta de Gonvauto Galicia), e também atividades em família, em um ambiente lúdico e participativo.

Desde algum tempo, nossa preocupação com a segurança se estende também a nossos próprios produtos. A divisão de equipamento viário de Gonvarri Steel Services já existe há mais de 20 anos desenvolvendo sistemas de contenção de veículos. Produtos que se caracterizam por seu alto nível de segurança devidamente validado conforme as normativas em vigor, pela eficácia de seu comportamento, por sua permanente inovação e por sua cuidado qualidade e durabilidade.

Depois de anos de contínua e intensa atividade de Pesquisa & Desenvolvimento e da participação ativa em distintos comitês de normalização e certificação nacionais e internacionais, na Gonvarri Steel Services podemos oferecer plenas garantias sobre o comportamento, a fabricação e a instalação de nossos sistemas de contenção de veículos e nossos dispositivos para redução de ruído. Entre as melhorias, podemos citar a enorme contribuição de Gonvarri à proteção dos condutores de motocicletas integrando Sistemas para Proteção de Motociclistas ou atenuadores de impactos para diminuir o dano potencial de qualquer acidente.

O tema da segurança viária nos impacta diretamente no caso de Road Safety First, mas também com o aço que contribuímos para que se instale no carro e que é mais seguro a cada dia. Afinal, seja qual for a atividade que realizamos, seja qual for a nossa responsabilidade na empresa, o importante é saber que todos os que trabalhamos aqui estamos nas melhores mãos.

Quero agradecer a todos que tornaram possível esse grande projeto que é Emotional Driving: Juan Llovet e Pablo González de Suso, que colocaram todo seu empenho, doses enormes de vontade e muitas horas de trabalho para que esta iniciativa se tornasse realidade; quero felicitar e agradecer especialmente a AESLEME sua implicação total, suas histórias, sua inspiração; e também a todos os profissionais que participam da campanha para nos abrir os olhos de uma vez para a dura realidade dos acidentes; e aos técnicos dos simuladores, aos voluntários, aos colaboradores e, claro, a todos e cada um dos funcionários da companhia que participaram nos eventos e jornadas, que compartilharam motivação e experiências, que levam para casa uma nova forma de ver a condução, que entram no carro com uma mentalidade diferente. Mais consciente. Mais prudentes. Este e não outro é o objetivo de Emotional Driving: sua segurança.

Emotional Driving